Pular para o conteúdo

Vavá da Luz

ÊPPAAAA ! E AGORA ? Governo limita dinheiro público em festas

Portaria do Ministério do Turismo reduz à metade o valor máximo de repasses para carnavais e outros eventos que formam a base do novo esquema de desvio de verbas do orçamento

Ministério do Turismo publica portaria que limita a possibilidade de repasse de recursos para festas


Após denúncias de mau uso do dinheiro público, o Ministério do Turismo decidiu restringir a destinação de recursos a prefeituras e organizações não-governamentais (ONGs) para a realização de festas e eventos. Uma portaria publicada esta semana no Diário Oficial da Uniãoreduz até à metade o valor máximo a ser repassado a cada município e antecipa em 20 dias a proibição do repasse de recursos públicos a entidades indicadas por parlamentares para a promoção de festejos e congressos.

As novidades estão previstas na Portaria 88/10, assinada pelo ministro do Turismo, Luiz Barretto. De acordo com o texto, publicado na segunda-feira passada (13), municípios acima de 50 mil habitantes só poderão receber até R$ 600 mil por ano para a promoção de eventos de atração turística. Até a semana passada, esse teto era de R$ 1,2 milhão, valor que poderia ser rateado por até quatro congressistas, desde que a emenda de cada um não ultrapassasse R$ 300 mil. A nova regra limita esse “rateio” a dois parlamentares.Continue a ler »ÊPPAAAA ! E AGORA ? Governo limita dinheiro público em festas

A MÃO QUE AFAGA É A MESMA QUE APEDREJA, O BRASIL QUE DIPLOMARÁ PAULO MALUF E ANTONHY GAROTINHO NÃO DEIXA CASSIO CUNHA LIMA FESTEJAR SUA VITÓRIA

  • por

Na próxima sexta-feira, durante solenidade de diplomação dos candidatos eleitos na eleição deste ano na Paraíba, a Justiça Eleitoral deixará sem diploma a vontade de… Continue a ler »A MÃO QUE AFAGA É A MESMA QUE APEDREJA, O BRASIL QUE DIPLOMARÁ PAULO MALUF E ANTONHY GAROTINHO NÃO DEIXA CASSIO CUNHA LIMA FESTEJAR SUA VITÓRIA

PRA VER A BANDA PASSAR ; 26 prefeituras da Paraíba vão ter que devolver mais de R$ 4 milhões ao Ministério do Turismo

  • por

Além disso, dois centros e uma associação também aparecem na lista como devedores de R$ 264.116 mil.

sao_joao_20101215_113900As organizações não governamentais são as estrelas do novo escândalo do orçamento, que desvia recursos públicos de emendas parlamentares para o Ministério do Turismo destinadas a financiar festas, forrós, carnavais e outros eventos. Mas, na Paraíba os campeões dessa “nova desordem financeira” são as prefeituras.

No final, toda a lista de festas e eventos contestados resulta numa cobrança pelo Ministério do Turismo de R$ 67 milhões de volta em todo o Brasil. Na Paraíba estão sendo cobrados mais de R$ 4 milhões (R$ 4.043.480,91milhões) de 26 prefeituras. Cinco delas não realizaram os eventos para o qual os recursos foram destinados, ou deixaram de fazer parte deles.Continue a ler »PRA VER A BANDA PASSAR ; 26 prefeituras da Paraíba vão ter que devolver mais de R$ 4 milhões ao Ministério do Turismo

PAPO D’SQUINA (com Pedro Marinho)

GOVERNADOR INDICA OS DIRIGENTES DA SEGURANÇA E PM

Depois de muita expectativa que o secretário de Segurança seria o delegado da PF Romero Menezes o governador eleito da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB surpreendeu a todos e anunciou no seu twitter quem será o seu secretário de Segurança e Defesa Social, o escolhido é o delegado da Polícia Federal, Claudio Lima, que foi Secretario em Pernambuco. Já o adjunto, será o também delegado Silvany, que também é federal e que foi Corregedor Geral na Secretaria de Segurança de Pernambuco.Pelo que se observa a Polícia Federal se encontra em alta, pois aqui mesmo da PF da Paraíba, sairá  outro secretário de segurança, pois o governador Confúcio Moura de Rondônia anunciou  que nomeará para secretário de Segurança daquele Estado, o delegado da Polícia Federal, Marcelo Nascimento Bessa, que trabalha e reside atualmente na Paraíba.

GOVERNADOR INDICA DIRIGENTES DA SEGURANÇA E PM II


O comandante Geral da PM será o Coronel Euller de Assis Chaves. O Sub-Comandante será o Coronel Washington França da Silva.Continue a ler »PAPO D’SQUINA (com Pedro Marinho)

ALEM DE FORROZEIRO, DANÇARINO :82% da cota parlamentar usada por Santiago retornou como financiamento de campanha

  • por

vitalzinho recebeu 31,25% de “reembolso” da verba indenizatória

congressoParte da verba indenizatória gasta por pelo menos 42 deputados federais entre 2009 e 2010 voltou para o bolso dos parlamentares como doação nas eleições deste ano. Alguns fornecedores chegaram a doar aos candidatos a quantia exata recebida por serviços prestados em favor da atividade parlamentar.

O deputado paraibano Wilson Santiago (PMDB) aparece entre os nove parlamentares que tiveram mais de 50% da verba indenizatória aplicada em dois anos devolvida via doação. Santiago pagou a Gráfica Moura Ramos a quantia de R$ 28.998 mil pelos seus serviços prestados. Consequentemente, a mesma gráfica doou para o deputado durante a campanha o total de R$ 25 mil, ou seja, 86,21% do valor foram “reembolsados”.Continue a ler »ALEM DE FORROZEIRO, DANÇARINO :82% da cota parlamentar usada por Santiago retornou como financiamento de campanha

MARCOS TAVARES EM : A bolsa e a Vida

A BOLSA E A VIDA

A equipe econômica da Presidente Dilma Roussef anunciou pesados cortes no orçamento para acabar a farra mantida por Lula, mas dois setores ficaram de fora dessa cirurgia econômica: o PAC, o duvidoso Programa de Aceleração do Crescimento e a verba social destinada às bolsas com que o Governo premia os brasileiros mais pobres. É impossível negar que a bolsa mata fome e que fez subir a qualidade de vida de milhares de excluídos. O problema é que a bolsa é uma armadilha, pois não tem uma saída, não prepara paras o futuro e assim deve permanecer indefinidamente como uma esmola que se perpetua.


Essa política do dar sem pedir nada em troca já começa a fazer sentir seus efeitos negativos.No setor agrícola e principalmente no Nordeste onde a mão de obra é mais requisitada falta gente para arar,para colher e para tocar o gado.Ninguém quer mais trabalhar por diárias que variam entre dez e quinze Reais porque sabem que no final do mês basta passar o cartão e magicamente encontram seu sustento ou ao menos boa parte dele.Por isso cai a produção e sobem os preços de gêneros primários e a decantada agricultura familiar é cada vez menos praticada .  Continue a ler »MARCOS TAVARES EM : A bolsa e a Vida