Perdendo o tesão, Libido em baixa? A culpa pode ser da academia, aponta estudo

Libido em baixa? A culpa pode ser da academia, aponta estud

Normalmente, praticar exercícios físicos melhor o ânimo das pessoas e as deixa mais confiantes com o corpo, o que é positivo para o sexo. No entanto, em excesso, a atividade física pode fazer com que a libido suma

De acordo com inúmeros estudos e especialistas, praticar atividades físicas regularmente beneficia a vida sexual. Exercícios físicos contribuem para uma melhora na circulação sanguínea, o que pode até ajudar a prevenir problemas de ereção em homens . Essas atividades também promovem a liberação de substâncias que deixam as pessoas mais animadas e mexem com a libido, além de poderem, dependendo do objetivo que a pessoa tem ao praticá-las, melhorar a autoestima, deixando-as confortáveis com o próprio corpo e, consequentemente, melhorando o desempenho delas na cama.

Segundo o estudo, exercícios físicos muito intensos podem atrapalhar a produção de hormônios e derrubar a libido
Shutterstock

Segundo o estudo, exercícios físicos muito intensos podem atrapalhar a produção de hormônios e derrubar a libido

Outras atividades físicas, como a ioga e o pilates, também são aliadas da vida sexual, já que fortalecem o assoalho pélvico e melhoram a autoconfiança. Apesar dos benefícios, um estudo recente descobriu que, em excesso, os exercícios físicos podem ter o efeito contrário e derrubar drasticamente a libido . A pesquisa foi realizada por estudiosos da University of North Carolina (Estados Unidos) com mais de mil pessoas, e os resultados mostram que treinos intensos diminuem a vontade de fazer sexo por vários motivos.xcesso, ela pode causar exaustão, fazendo com que algumas pessoas se sintam cansadas demais para deixar o clima esquentar. Além disso, o esforço extremo pode fazer com que a hipófise – glândula do cérebro – não funcione direito, baixando os níveis de testosterona e estrogênio (hormônios relacionados à atividade sexual).

Um dos objetivos mais comuns das pessoas que praticam exercícios físicos exaustivamente é diminuir ao máximo o percentual de gordura do corpo, porém, para que o sistema reprodutor feminino funcione corretamente, precisa que o corpo tenha certa quantidade de gordura. Se os níveis estiverem abaixo do necessário, a libido pode cair bastante.

Da falta de saúde para a falta de libido

Parece estranho que se concentrar em ter uma vida mais saudável possa significar o anulamento da vida sexual, mas foi exatamente o que aconteceu com a britânica Nikki Harvey. Ao veículo britânico “The Sun”, a moça conta que costumava estar acima do peso, fumar, beber e viver de fast food. Em 2014, ela conheceu o atual namorado, Jordan, que a incentivou a praticar atividades físicas.do que jamais sonhei ser possível, e amei cada segundo”, conta. Feliz com os resultados que o corpo demonstrou, Nikki passou a treinar com cada vez mais afinco, chegando até a largar o trabalho para se dedicar ao fisiculturismo. “Isso realmente impactou meu relacionamento. Eu e Jordan não fazemos amor há dois meses. Minha libido pode ter sumido, mas minha aparência está melhor e eu estou mais saudável. Espero que ele fique ao meu lado mesmo sem sexo ”, relata.

Fonte: Delas – iG /vavadaluz

Comentários

  1. Por Dedé

  2. Por Roberto Justino