A Irmã De Aécio Tem 11 Advogados Na Sua Defesa. A Justiça No Brasil É Uma Arma Engatilhada Pra Cabeça De Quem É Pobre.

A Irmã De Aécio Tem 11 Advogados Na Sua Defesa. A Justiça No Brasil É Uma Arma Engatilhada Pra Cabeça De Quem É Pobre.

Nesta semana passada o senador Aécio Neves tentou, indiretamente, uma articulação para escapar do julgamento que acontece na próxima terça-feira, no STF. O mineiro pode virar réu na ação que responde junto com a sua irmã Andrea Neves, referente ao pedido de propina de R$ 2 milhões para os irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS, apontado pelo MPF
A defesa de Andrea Neves pediu ao ministro Marco Aurélio que adiasse o julgamento devido a compromisso marcado anteriormente por um dos advogados de Andrea.
Marco Aurélio negou o pedido, afirmando Andrea tem 12 advogados no processo. Uma dúzia de advogados deve custar muito caro.
Pense na maioria dos brasileiros assalariados que são levados aos tribunais e não tem sequer dinheiro pra bancar um advogado?
A justiça no Brasil é uma arma engatilhada pra cabeça de quem é pobre.
Ricos e pobres cometem os mesmos crimes, porém são diferentes perante à Justiça.
Pessoas de classe média, na maioria dos casos, não têm dinheiro para contratar um advogado. São levadas à Justiça por motivos fúteis, às vezes até para passarem o vexame de não ter dinheiro, e ficarem mais endividadas.
A degeneração da política empurrou as decisões e mediações para a justiça, que virou um campo bastante seletivo onde quem tem dinheiro banca vários advogados, quem não tem fica à mercê da sorte, menos da justiça.

Comentários

  1. Por Roberto justino