Tensão na Globo! Demissões teriam gerado choro e caos nos corredores da emissora

Tensão na Globo! Demissões teriam gerado choro e caos nos corredores da emissora

Demissões de cerca de 100 pessoas na última quarta (6) teriam deixado os funcionários preocupados com a futura estrutura de equipes da empresa

O fim do dia da última quarta-feira (6) não foi nada tranquilo durante o expediente para os funcionários da Globo. De acordo com a revista Veja , pouco antes das gravações noturnas das cenas de “Bom Sucesso”, surgiram notícias desencontradas de que haveria cortes em vários setores da Globo , mas ainda não tinham os nomes confirmados. 

Projac

Reprodução/Globo

Projac

O pânico e os falatórios teriam sido tantos que até a atriz Ingrid Guimarães teria chorado pelos corredores da maior emissora do país em prol dos colegas de trabalho. Segundo a semanal, uma lista chegou a circular no WhatsApp com nomes de atores, figurinistas e produtores  dispensados.

 

Especulações

Diariamente, a empresa notícia em seus jornais como está o panorama de desempregados no Brasil e dessa vez ela é uma das que demitem. Como em toda empresa,  grandes cortes causam muita comoção entre os funcionários .

Mas ainda segundo a revista, os funcionários não foram pegos de surpresa. Há meses está sendo desenhada uma nova estrutura de equipes e funções. As 150 demissões que aconteceram na última quarta podem vir a se repetir nos próximos dias até dobrar, segundo apuração do veículo.

Nos próximos dias estão previstas reuniões entre a alta cúpula para falar sobre o futuro da empresa. A queda do número de publicidades na emissora pode ter sido um dos motivos que fizeram a Globo diminuir o quadro de funcionários.

 

O clima de tensão está a todo vapor no Projac . Especula-se, de acordo com a revista semanal,  que nomes de autores de novelas, grandes diretores e até atores velhos de casa estejam na próxima lista de demitidos.

Especula-se também que os ataques do presidente Jair Bolsonaro contra a Globo sobre a reportagem envolvendo o nome dele ao nome da vereadora Marielle Franco foram o estopim para o declínio da emissora.

Fonte: Gente – iG/vavadaluz

Comentários

  1. Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *