SÁBADO ALEGRE , UM MINUTO DE DESCONTRAÇÃO,SORRIA, VOCE ESTÁ NO BLOG DO VAVA DA LUZ
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Uma velhinha liga para uma emissora de rádio para responder a uma pergunta do locutor.
– Como a senhora se chama?
– O meu nome é Marli.
– Muito bem. E quantos anos a senhora tem?
– Eu tenho sessenta.
– Que maravilha! Pronta para responder?
– Pode perguntar!
– Dona Marli. Há um país que tem duas sílabas no nome e uma delas é uma coisa muito boa de se comer. A senhora sabe que país é esse?
– Sei, sim. É Cuba.
O locutor ficou mudo por alguns segundos e arrematou:
– Dona Marli! A senhora vai levar o prêmio pela criatividade, mas aqui na minha ficha estava escrito Japão.

O camarada vai visitar um amigo.
– Oi, Otávio, tudo bem? Quanto tempo! Que bons ventos o trazem!
E o camarada, sem jeito.
– Sabe o que é… deu enchente na minha casa… perdi todos os móveis. Será que você poderia me emprestar um dinheiro para eu refazer minha vida?
– Quanto?
– Uns mil reais!
– Você sabe, Otávio, que eu te considero pra caramba! Você é realmente um grande amigo que eu tenho! E quando a gente coloca dinheiro no meio da amizade, estraga a amizade! Eu não ia querer estragar a nossa amizade só por causa de mil reais.
– Tá bom! Então dá pra emprestar cinco mil?

A mulher chega no consultorio do médico e diz:
– Doutor! É horrivel! Ando com os nervos que o senhor nem imagina. Dentro de casa, vejo fantasma, caveiras,caras horrendas… O que eu faço?
– Calma minha senhora. Retire imediatamente todos os espelhos de sua casa!

A velhinha morre e vai ao encontro de São Pedro.
Ela pergunta:
– Por que existem duas portas ali, uma azul e outra vermelha?
São Pedro então lhe diz:
– A azul leva ao Céu, a vermelha desce ao Inferno. Você pode escolher para onde quer ir.
Nisso, ouve-se uma gritaria e um barulho de furadeira atrás da porta azul.
– Mas o que é isto? – Pergunta a velhinha.
– Nada não, é um cara que acabou de chegar e estão lhe furando as costas para por as asas.
A velhinha fica indecisa quando de repente, ouve-se nova gritaria por trás da porta azul.
– E esta gritaria agora, o que é?
– Nada não, é que estão furando a cabeça do cara para pôr a auréola.
– Nossa, que horror! Eu não quero ir pro Céu, vou pro Inferno.
– Mas, minha senhora, lá o Diabo vai lhe fuder!
– Mas pelo menos os buracos já estão prontos!!!

A mocinha vai passar o primeiro fim-de-semana na casa dos pais no interior depois que foi para a faculdade na capital. Ela aproveita para falar com a mãe abertamente: – Mamãe, preciso te contar uma coisa… Eu não sou mais virgem desde a semana passada. A mãe responde: – Ora, minha filha, isto tinha que acontecer algum dia… Só espero que tenha sido uma experiência agradável e romântica. A filha explica: – Bem… Sim e não. Com os primeiros oito rapazes foi super bom. Mas depois começou a doer um pouco..