RICARDO DIZ : “Cada espaço tem sua particularidade. Não vamos fazer cópia de nada”
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

O governador eleito da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), concedeu entrevista coletiva à imprensa na tarde desta terça-feira (14), para falar sobre as medidas que serão tomadas na sua administração, tão logo anunciou pela Rede Social Twitter os nomes dos indicados que irão compor o setor de Segurança Pública do Estado.

Uma delas será despartidarização dentro das Corporações Civil e Militar e a redução da criminalidade.

“Vamos buscar construir uma coisa que será essencial nessa nova gestão que é a integração das forças que fazem Segurança Pública aqui dentro do nosso Estado. Para nós não há outro caminho que não seja a integração. Não há simplesmente a integração de instituições, mas sim da ação sob um único comando. Não creio que a gente possa ter algum sucesso sem a unidade. Nós precisamos reduzir a criminalidade”, disse.

Ao explicar sobre a escolha do seu secretariado, bem como, a participação deles em projetos exitosos em outros Estados, a exemplo do Pacto pela Vida que teve a coordenação do delegado da Polícia Federal, Cláudio Coelho Lima que irá ocupar a Pasta de Segurança Pública, Ricardo disse que as experiências serão levadas em conta, mas que irá construir seus caminhos.

”Cada espaço tem a sua particularidade. Nós não vamos fazer cópia de absolutamente nada. Agora queremos compartilhar, ter a capacidade e a possibilidade de apreender para que possamos exportar algumas idéias, algumas ações que também possam contribuir em outros Estados numa área tão difícil, melindrosa e complexa como é área de Segurança Pública”, explicou.

“sabemos das necessidades que a Polícia hoje tem, sabemos das necessidades de colocar tecnologias nessa área, não há outra saída para nós, mas nós sabemos também e confiamos na boa vontade, do compromisso da grande maioria que compõe as nossas Polícias”, enfatizou.

Para Ricardo, esse é um momento muito importante e que não adianta olhar só para o estado e esperar que ele resolva cada problema particular.

“É preciso que a população esteja esperando de cada um de nós ações concretas que melhorem os serviços prestados, seja na segurança, saúde, educação, nós precisamos fazer isso. A gente sabe o quanto precisamos caminhar e essa caminhada é contínua”, disse.

Segundo ele, todos os esforços serão direcionados para uma cultura de paz e é fundamental que a sociedade possa sentir isso do seu governo.

“A hora é desses profissionais se preocuparem com o Estado, ou seja, aqueles que estão desviados das funções serão convocados para assumir as verdadeiras funções. Vamos também ter uma meta muito forte em modernizar na medida do possível e mais rapidamente a questão das nossas instalações de delegacias”, assegurou.

Ricardo disse ainda que os bons serão reconhecidos pelo seu trabalho, seja nas promoções, sejam no acesso as premiações.

“Nós queremos despartidarizar a Segurança Pública. Delegado nenhum será transferido se estiver cumprindo seu papel corretamente porque desagradou político A, B, ou C. Se não tiver fazer seu papel, sim. Porque será cobrada a devida postura. Eu digo com sinceridade que esta época acabou, mas para que ela acabe é preciso mudar a mentalidade que está ai”, assegurou.

Comente esta postagem