PAPO D’SQUINA (com Pedro Marinho )
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

GOVERNADORES PARAIBANOS SE APOSENTAM COM QUASE R$20 MIL

A Paraíba quando sai na mídia nacional quase sempre é por fatos que nos envergonham. Ontem o nosso Estado foi destaque no Jornal O Globo, por promover aposentadorias e pensões a ex-governadores. O Jornal cita o ex-governador José Maranhão (PMDB), que antes de assumir o terceiro mandato com a cassação de Cássio Cunha Lima (PSDB), já recebia o benefício. Segundo O Globo, a remuneração dos ex-governadores da Paraíba gira em torno de R$ 18,3 mil. O secretario de Governo, Walter Aguiar comentou as concessões e revelou que a mesma já tem mais de 30 anos e não guarda nenhuma relação com a sociedade atual e o que se prega em termos de moralidade da gestão pública. Para o secretário o problema é que, para revogá-la é necessário apoio de 2/3 do legislativo e isso é muito difícil de conseguir. Pois é, pior é saber que existem hoje recebendo dos combalidos cofres paraibano 8 ex-governadores e o pior 71 ex-deputados estaduais.

EFRAIM QUER A CASSAÇÃO DE WILSON SANTIAGO

Além de Cássio Cunha Lima que deseja o mandato de senador, já que foi o mais votado, agora quem anda nos cós de Wilson Santiago é Efraim Moraes, que ingressou na Justiça contra o mesmo, pedindo a cassação d seu mandato. Efraim alega que Wilson pagou uma conta na gráfica Moura Ramos, no valor de 25 mil reais, com verba de gabinete e tal escorregão poderá lhe custar o mandato. O ainda senador Efraim Morais, foi o quarto mais votado para o Senado e caso Cássio não obtenha êxito na Justiça e com Wilson fora do páreo o mandato de senador seria dele. O TRE poderá tirar de Santiago o tão sonhado mandato de senador.

CÁSSIO TRANQUILIZA OS COMISSIONADOS     

Por falar em Cássio Cunha Lima em entrevista no início da tarde desta segunda-feira (17) o reafirmou seu apoio ao governador Ricardo Coutinho (PSB) e falou das exonerações dos servidores comissionados. Ele disse que a Paraíba, hoje, é o Estado que tem a maior despesa com folha de pessoal do país. O ex-governador revelou que os trabalhadores com cinco, dez, quinze e vinte anos não vão ser atingidos. É preciso separar as coisas, não existe uma atitude contra os servidores. O que se pretende é rever as nomeações que sabidamente foram feitas no período eleitoral”. Ele disse que em 2008, no período em que era governador, a despesa do Poder Executivo com a receita de pessoal era de 43%, e o limite é de 46%. Hoje, a despesa é de quase 56%, superando as determinações da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

FALTA UM BUSTO NA PRAÇA

O colunista José Leite Guerra, em artigo publicado no final de semana no Jornal Correio da Paraíba, reclama o estado de abandono da Praça Pedro Gondim e lamenta que até hoje nenhum dos prefeitos da capital da capital, tenha colocado ali um busto do ex-governado. Em que pese o merecimento do homenageado, tal praça recebeu o seu nome quando Pedro Gondim ainda era vivo, ferindo antiga legislação federal, que proíbe que se coloquem nomes de pessoas vivas em prédios ou logradouros públicos. Depois da homenagem Pedro Gondim viveu ainda muitos anos, o que certamente contribuiu para que não existisse ali nenhum busto seu, porém depois de sua morte é lamentável o esquecimento.

FALTA UM BUSTO NA PRAÇA II

Na verdade, a Prefeitura vem pecando muito com relação a bustos de vultos da historia da Paraíba, pois com exceção de Livardo Alves, Augusto dos Anjos, defronte ao quartel da Policia e o falecido poeta popular Caixa D” Água, junto ao Colégio Tomaz Mindello,  há mais de 40 anos que a Prefeitura da Capital não  homenageia ninguém com monumentos.Até mesmo uma simples placa demora meses, como é o caso da Praça Maestro Joaquim Pereira, localizada vizinha 3º DP na Epitácio Pessoa, cuja reforma terminou há seis meses e até hoje o pedestal se encontra lá sem a placa de identificação, alegando os funcionários da Secretaria de Planejamento da Prefeitura, que a placa foi entregue a Construtora Maranata para que a colocasse, o que entretanto não correu até agora, não se sabendo mais a quem recorrer.

O COMENTÁRIO DE VIRGULINO ALENCAR

O executivo e excelente articulista José Virgulino de Alencar enviou nota que foi publicada no famoso Blog do Noblat, cujo conteúdo vale apenas repercutir aqui: “A informação que corre na mídia e na própria sociedade é a de que o ex-presidente Luiz Inácio da Silva não se pronunciou sobre o caso da catástrofe da Região Serrana do Rio, mantendo-se estranhamente calado, por um corriqueiro hábito no seu comportamento político: ele não sabe, não viu e nem ouviu de ninguém.” Sem comentário.

VILA OLÍMPICA DO VALENTINA

As obras na Vila Olímpica, no Bairro do Valentina Figueiredo, estão a pleno vapor. De acordo com informações da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). A criação de um centro esportivo faz parte das políticas públicas adotadas pelo Governo Municipal para incentivar a prática esportiva entre os jovens que fazem parte da rede municipal de ensino.A área de 32 mil metros quadrados vai comportar um campo de futebol gramado com medidas oficiais, uma pista de atletismo também com dimensões oficiais, caixa de areia para saltos à distância e salto triplo, área destinada a salto em altura e arquibancada com capacidade para 1.500 pessoas. A obra inclui a construção de uma área para a administração, federações, departamentos médico e técnico, fisioterapia, sala de reuniões, recepção de hall de entrada, conjunto de vestiários e depósitos, além de duas baterias de banheiros e iluminação ornamental. A idéia do prefeito Luciano Agra é construir outros centros esportivos na capital.

BENJAMIM MARANHÃO PREFEITO DA CAPITAL

José Maranhão no seu retiro voluntário, já trama para 2012 e já planeja lançar o sobrinho o deputado federal Benjamim Maranhão para  bater chapa com o “colega” Manoel Júnior (PMDB) na disputa pela prefeitura de João Pessoa em 2012.Antes porém tanto um quanto o outro candidato vão ter que combinar com o eleitorado pessoense, pois tiveram na capital no último pleito votações inexpressivas para o tamanho do eleitorado.

O SUMIÇO DO DI CAVALCANTI

Por falar em José Maranhão informa o antenado jornalista Luiz Torres, que tomou conhecimento através dos responsáveis pelo inventário da granja Santana, do sumiço de um quadro do famoso pintor Di Cavalcanti. Segundo a fonte, até a posse do governador José Maranhão (PMDB), o caríssimo quadro ornamentava uma das paredes da Granja e agora sumiu, ou seja, tomou doril. Será Meu Deus, será?

COMPRAS SUPERFATURADAS DA SAÚDE

Informa o jornalista Heron Cid, na sua coluna no Jornal Correio da Paraíba, que na gestão passada a Secretaria de Saúde da Paraíba adquiriu 400 aparelhos de TV“s LCD de 26 polegadas ao preço de R$1.852,cada, quando o preço no mercado é de R$1.000. O ex-secretário José Maria de França tem que vir a publico se explicar.

Esta coluna é publicada em cinco portais e no[http://blogdopedromarinho.com]