Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

RANDOLFE RODRIGUES VAI AO STF CONTRA BOLSONARO SOBRE 7 DE SETEMBRO… BRASIL FICA CH0CAD0!

Quando pensamos que já vimos de tudo, o partido do Senador Randolfe Rodrigues apronta mais essa. Veja agora o que arquitetaram contra o presidente desta vez. Como se não bastasse criar CPIs para perseguir e acusar Bolsonaro e tentar tirá-lo do poder, a oposição recorreu novamente ao STF e isso pode não acabar bem. Cármen Lúcia dá 5 dias para Bolsonaro explicar desfile no RJ Rede questionou mudança de local do desfile cívico-militar para Copacabana, onde também será realizado ato bolsonarista. A ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu 5 dias para o presidente Jair Bolsonaro (PL) explicar a mudança do local em que será realizado o desfile cívico-militar do 7 de Setembro no Rio de Janeiro. “Requisitem-se, com urgência e prioridade, informações ao Presidente da República, a serem prestadas no prazo máximo e improrrogável de cinco dias”, escreveu a magistrada. Ela também determinou que a AGU (Advocacia Geral da União) e a PGR (Procuradoria Geral da República) se manifestem. Bolsonaro cita ‘liberdade’ e pede apoiadores nas ruas no 7 de setembro. Em Recife, presidente convida militantes a estarem em Brasília e no Rio na data em que se celebram os 200 anos da Independência do Brasil. O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), voltou a convocar seus apoiadores a saírem às ruas no dia 7 de setembro, quando se celebram os 200 anos da Independência do Brasil. Bolsonaro diz que vai a Copacabana no 7 de Setembro; prefeitura do Rio reafirma desfile no centro Em discurso a apoiadores no Recife, presidente diz que Brasil é “um dos melhores” países do mundo quando se fala de economia e cita queda do preço dos combustíveis. O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) afirmou neste sábado (6) que comparecerá a um ato em Copacabana no feriado da Independência. Em discurso a apoiadores durante visita hoje ao Recife, Bolsonaro não comentou sobre o local de realização do desfile no Rio, mas confirmou que irá a Copacabana. “Temos algo tão ou mais importante que a própria vida, que é a nossa liberdade. E a grande demonstração disso eu peço a vocês que seja explicitada no próximo dia 7 de setembro. Estarei às 10h da manha em Brasília num grande desfile militar e às 16h em Copacabana no Rio de Janeiro”, afirmou. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) vai acionar a Advocacia do Senado para entrar com um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal e trancar um inquérito da Polícia Federal. A PF abriu o inquérito para investigar vazamentos de depoimentos à comissão. Além disso, a CPI vai representar judicialmente contra o ministro da Justiça, Anderson Torres, e o diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, pela abertura da investigação, classificada por senadores como uma “intimidação” aos trabalhos da CPI, que investiga ações e omissões do governo do presidente Jair Bolsonaro na pandemia de covid-19. A reação da CPI à PF foi anunciada pelo vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), no final da reunião do colegiado, nesta quarta-feira, 4, após depoimento do coronel Marcelo Blanco, ex-assessor do Ministério da Saúde. O relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), voltou a acusar o governo de aparelhar a PF para perseguir a CPI. De acordo com ele, é possível “adestrar pessoas, mas não adestrar instituições”. “Não vão nos intimidar”, disse Renan.