Júlio Rafael vence a eleição do Sebrae por sete votos contra dois de Anselmo Castilho
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Vou procurar continuar ajudando e contribuindo para o empreendedorismo da Paraíba”

Após muito impasse, onde uma das chapas chegou a não ser registrada, outra fez até substituição de integrantes e a data inicial das eleições foi modificada, o novo superintende do Sebrae da Paraíba finalmente foi conhecido nesta terça-feira (28). Com  sete votos contra dois, Júlio Rafael foi reconduzido ao cargo no qual deve permanecer por mais quatro anos. Quatro conselheiros se abstiveram de votar e dois votaram em Anselmo Castilho.

Júlio Rafael comemorou a vitória  afirmando que “apesar da coopetação feita nessa eleição o resultado final obtido foi positivo”. O superintendente disse também que pretende continuar constribuindo para o desenvolvimento do empreendedorismo na Paraíba.

“Vou procurar continuar ajudando e contribuindo para o empreendedorismo da Paraíba. O Sebrae vai estender a mão para o que o estado precisar para isso”, concluiu.

Chapa de Júlio não foi registrada – O prazo final para registro de chapas se encerrou no dia 25 de novembro e o nome de Júlio Rafael acabou não sendo aceito. O motivo não foi explicado e Júlio contra-atacou denunciando que havia sido vítima da manobra de “maranhistas”. De acordo com o petista, a parte do Conselho que tentou barrar a sua candidatura era composta por pessoas ligadas ao atual governador José Maranhão (PMDB), que tem interesse em colocar algum aliado seu a frente do Sebrae. Somente no dia 30 de novembro Júlio Rafael conseguiu registrar a sua chapa.

Eleição adiada – Resolvido o impasse do registro da chapa de Júlio Rafael a eleição finalmente estava marcada para acontecer no dia 3 de dezembro. Na ocasião, os conselheiros ficaram por várias horas reunidos a portas fechadas. Em determinado momento, o petista Júlio Rafael, deixou a sala para denunciar a suposta tentativa de interferência do governador, José Maranhão (PMDB), no processo.

Após o impasse, a eleição foi adiada. Na ocasião o presidente do Conselho Deliberativo, Mário Borba, chegou a anunciar que a nova data seria o dia 15 de dezembro. No entanto ela foi adiada mais uma vez ficando para o dia 28. Pessoas ligadas ao candidato de oposição, Anselmo Castilho, afirmaram que o adiamento foi uma manobra para que Júlio não saísse derrotado das urnas.

Mudanças na composição da chapa – As surpresas na eleição do Sebrae da Paraíba não terminaram com o adiamento do pleito. No último dia 23 a divulgação dos integrantes das duas chapas que disputaram o comando do Sebrae trouxe mais uma grande surpresa. O diretor do órgão há 14 anos, Pedro Aurélio, passou a integrar o bloco encabeçado por Anselmo Castilho, que conta com o apoio do Governo do Estado.

Esta poderia ser uma simples substituição, caso Pedro Aurélio não fosse amigo e aliado do ex-governador, Cássio Cunha Lima (PSDB). Para muitos integrantes do Sebrae e pessoas ligadas ao órgão o ingresso de Pedro Aurélio na chapa montada pelo governador José Maranhão (PMDB) foi um ato de traição contra Cássio Cunha Lima. O tucano apoiou a permanência de Pedro Aurélio na diretoria do Sebrae e sempre foi um aliado, mas agora que Cássio está fragilizado ele decidiu se aliar ao atual governador.

As chapas – Após as mudanças a chapa indicada pelo Governo do Estado ficou com a seguinte composição: Anselmo Castilho para superintendente, Valdey Ventura Paulo para diretora técnica e Pedro Aurélio para a Diretoria de Administração e Finanças. Já o pela Federação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado (Femipe) e conta com o apoio de outras federações e sindicatos de produtores é encabeçado pelo atual superintendente do Sebrae Júlio Rafael, tendo Luiz Alberto Amorim como diretor técnico e Ricardo Jorge Madruga como diretor de Administração e Finanças.

Sobre a Eleição – A disputa no Sebrae da Paraíba foi decidida por 13 votos, num colégio integrado por representantes dos três bancos oficiais (BNB, Brasil e Caixa Econômica), dois do governo do Estado (Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e Cinep), Universidade Federal da Paraíba, Sudene, Sebrae Nacional, Fiep, Fecomércio, Fetag, Federação da Pequena e Microempresa e Federação das Associações Comerciais.

Chapa vencedora

DIRETORIA EXECUTIVA:

Diretor Superintendente: Júlio Rafael Jardelino da Costa

Diretor Técnico: Luiz Alberto Gonçalves de Amorim

Diretor de Administração e Finanças : Ricardo Jorge Castro Madruga

CONSELHO FISCAL:

Francisco Alves dos Santos – BB – Conselheiro Titular

Robério Henriques Germano – BB – Conselheiro Suplente

Nelson Santiago Filho – CEF – Conselheiro Titular

João Firmino de Carvalho Neto – CEF – Conselheiro Suplente

Silvio Marcos Lima de Carvalho – BNB – Conselheiro Titular

Fábio Magero Ribeiro da Silva – BNB -Conselheiro Suplente

PolíticaPB