É VERGONHOSO SER BRASILEIRO ? (Prof. Marciano Dantas)
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Com qual Brasil você se identifica? Com o paraíso tropical, terra abençoada, habitada por gente alegre e hospitaleira? Ou com o país recordista mundial de desigualdade social, onde os jornais estampam diariamente manchetes sobre violência, corrupção e miséria? Afinal, ser brasileiro é motivo de orgulho ou vergonha?

   Não há o menor sentido em termos vergonha de ser brasileiros. As coisas das quais não nos orgulhamos em nosso país podem ser mudadas e, de uma forma ou de outra, estão sendo. Os problemas que temos não são questões desconhecidas do resto do mundo. São transtornos inerentes a todas as sociedades. Hão há um único país no planeta que não tenha, em graus diferenciados, situações similares às nossas, como o desemprego, a pobreza, o racismo, os preconceitos, a exploração, a corrupção, a criminalidade, a fome etc.

   O fato de dizermos que não são problemas tipicamente brasileiros, ou exclusivamente brasileiros, mas universais, não tem por objetivo diluir a sua gravidade em nosso país. Mas apenas mostrar que não são fruto da nossa nacionalidade, como se fosse uma predisposição genética para sermos o que somos hoje. Trata-se de problemas sociais e culturais, fruto de nossa história, e, por essas características, podem ser modificadas, não da noite para o dia, como gostaríamos, mas por meio de um árduo trabalho de transformação.

   Se você acredita que a pobreza do país é culpa da indolência do brasileiro, pouco se pode fazer, pois, em tese, essa seria uma característica genética do povo. Mas se acreditar que a pobreza é resultante da má distribuição de renda, da pouca formação educacional das pessoas, da ausência de oportunidades e condições para se alcançar patamares superiores de renda, entre muitos outros, pode-se se engajar em um partido político para modificar as políticas governamentais ou o sistema econômico do país, filiar-se ou criar uma Organização Não Governamental (ONG), para tentar mudar o aspecto da realidade.

   Vale lembrar, também, que nem sempre um filho de um morador de rua, de um traficante ou de um bandido, nunca deva alcançar sucesso honestamente na vida, pois temos muitos exemplos de pessoas que eram moradoras de rua e que hoje são profissionais com muito sucesso.

   Graças ao apoio popular, foi aprovada a Lei da Ficha Limpa, onde os políticos que tivessem praticado algum desvio de conduta, não poderiam ser candidatos. Porém, muitos deles considerados “Ficha Suja”, conseguem entrar na Justiça e ganhar o direito de concorrer a um cargo público. E o pior de tudo, na maioria das vezes, consegue se elegerem, muitas vezes de forma irregular por meio da compra de votos. Aí vai a pergunta: será se a culpa de todas as mazelas sociais é só do processo herdado pela colonização ou da própria ignorância das pessoas?

   Portanto, há muitas formas de ser brasileiro, cabe a você decidir que tipo de brasileiro você que ser, que tipo de ser humano deseja ser, pois ser brasileiro não é uma vergonha, mas, ao contrário, é uma possibilidade de realizar coisas maravilhosas, pois como os demais povos, temos todas as possibilidades para viver melhor.

Professor Marciano Dantas – Natal/RN.