Dunga Jr protocola Aije pedindo cassação do candidato José de Ademar, em Alcantil
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

O candidato do PTB a prefeitura de Alcantil nas últimas eleições, Dunga Júnior, protocolou nesta quinta-feira (22) uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o candidato eleito José de Ademar, do PMDB, pela captação ilícita de sufrágios e abuso do poder econômico na cidade durante as eleições.

De acordo com Dunga Júnior, toda cidade presenciou a presença da máquina da prefeitura no processo eleitoral, o que se comprova com o inchaço da folha de pessoal, que subiu de R$ 285.320,46 em agosto de 2011 para R$ 333.705,30 em agosto deste ano. Ele disse também que de janeiro a agosto deste ano a folha acumulou aumento de R$ 487.466,80, enquanto que a despesa de ação social subiu 170%.

 

Dunga disse que o número de funcionários subiu acima do permitido por lei, tendo em vista que nos anos eleitorais a folha de pessoal só pode subir conforme o reajuste da inflação do ano anterior. “Foi um verdadeiro festival de nomeações em Alcantil, elevando a folha em quase R$ 500 mil de maneira absurda para tentar vencer as eleições a qualquer custo”, disse.

 

Segundo Dunga Júnior, além do uso da máquina, ainda houve cooptação de servidores municipais em eventos realizados na campanha. “Realizaram uma festa de aniversário para o prefeito Milton, com a presença do seu candidato, onde houve doação de alimentos, bebidas e a presença de muitos servidores da prefeitura, todos de vermelho, o que é proibido pela legislação eleitoral”, destacou.

 

Dunga se mostrou confiante no acatamento por parte da justiça da ação que pede a cassação do registro de José de Ademar e do diploma, caso o candidato já tenha sido diplomado. “Confiamos piamente na justiça, que deverá reparar o grande erro que aconteceu nas eleições em Alcantil”, concluiu.

Redação com Assessoria