Direito de Resposta: Manoel Jr rebate declarações e diz que RC quer desviar foco
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Direito de Resposta: Manoel Jr rebate declarações e diz que RC quer desviar foco

O deputado federal Manoel Junior (PMDB) enviou nota à reportagem do PB Agora para rebater as declarações do governador Ricardo Coutinho nessa semana. O gestor teceu duras criticas ao parlamentar. Junior rebateu todas as declarações do governador e ainda ressaltou que o socialista tenta mudar o foco da mídia para se livrar de algumas acusações.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

Com relação à matéria publicada no portal de notícias www.pbagora.com.br no dia 26 de setembro de 2012, com o título “Governador desdenha de potencial de deputado federal”, a assessoria do Deputado Manoel Junior emite a seguinte nota:

“Não costumamos responder ao que o Senhor Ricardo Coutinho (PSB) fala a respeito do deputado Manoel Junior (PMDB), porque entendemos que um homem público, com a trajetória política amplamente conturbada, aliada às inúmeras denúncias de fraudes, desvios de recursos públicos e falsificação de documentos, não tem nenhuma credibilidade junto à opinião pública.

Contudo, ainda que sejamos tolerantes com os devaneios do governador e tenhamos consciência de que não devemos explicações da atuação política do deputado Manoel Junior a um homem com uma vida pública marcada por tantos escândalos de corrupção, resolvemos redigir esta nota à sociedade paraibana, pois, somente a esta, o peemedebista, precisa dar explicações do seu mandato.

Entendemos que as declarações do senhor Ricardo Coutinho veiculadas por este portal tiveram o intuito maldoso e premeditado de ferir a moral ilibada do deputado e de macular a sua trajetória política. Além disso, desviar a atenção da imprensa sobre as denúncias feitas por Manoel Junior no Plenário da Câmara dos Deputados, sobre uma compra de R$ 3,5 milhões de cartilhas, sem licitação, feita pelo Governo do Estado da Paraíba. Ao invés de esclarecer o questionamento dos jornalistas sobre mais este escândalo, o governador preferiu atacar o peemedebista.

O pedrafoguense Manoel Junior é um político ficha limpa, que não carrega em seu currículo nenhum processo judicial, condenação ou denúncia, diferentemente do socialista, que está envolvido numa série de escândalos e denúncias de malversação de recursos públicos.

Um parlamentar federal que em seis anos de mandato destinou mais de R$ 200 milhões para o Estado, destes, mais de R$ 75 milhões para a Capital João Pessoa, SERVE E MUITO À PARAÍBA.

Manoel Junior pelo segundo ano consecutivo figura na lista dos 150 parlamentares mais influentes no Congresso Nacional, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), que realiza essa avaliação há quase 20 anos.

Se este mandato não está a serviço do povo paraibano, qual estaria? O de um governador que já demitiu mais de 30 mil servidores públicos? Fechou mais de 200 escolas? É conhecido nacionalmente pela maneira truculenta com que trata seus adversários e tolhe seus aliados, que é citado em denuncias de fraudes e corrupções, em escândalos como o da merenda escolar, o Jampa Digital, a Máfia do Lixo e o superfaturamento na compra de livros didáticos divulgados amplamente na mídia nacional?

Sem dúvida, o comportamento destemperado e antiético do socialista deve-se ao desgaste de sua gestão à frente do Governo do Estado da Paraíba, o que está sendo confirmado na disputa pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, na qual a sua candidata, figura na quarta colocação nas pesquisas e detêm o maior índice de rejeição. Quanto a Pedras de Fogo, gostaríamos de saber, qual o montante de recursos destinado pelo Governo socialista ao município? Quais as obras feitas em Pedras de Fogo pela gestão de Ricardo Coutinho? Por que a estrada que liga Pedras de Fogo à BR 101, que mais parece um queijo suíço de tantos buracos, não foi consertada ainda pelo Governo do Estado? Os pedrafoguenses sabem quem de fato tem serviço prestado ao município.

É de conhecimento de todos que Manoel Junior já destinou mais de R$ 31 milhões para Pedras de Fogo. Temos a certeza que a população Pedrafoguense conhece o seu filho [e o seu deputado] e não permitirá que dois forasteiros decidam o que é melhor para a sua cidade. A resposta será dada nas urnas no dia 7 de outubro.

Para finalizar, asseguramos ao povo paraibano, que as acusações do Senhor Ricardo Coutinho são inverídicas e tendenciosas e que, além de desinformado, o governador, para não perder o costume de falar mal dos aliados e adversários, tenta desqualificar o deputado Manoel Junior por diferenças políticas. Ou será por inveja da capacidade de articulação, competência e instinto político do peemedebista?

Brasília, 28 de setembro de 2012.

Assessoria do Deputado MANOEL JUNIOR  

Redação