Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

Concursos PB 2021: João Azevêdo confirma 3 editais, além da PC PB; confira

Concursos PB 2021: João Azevêdo confirma 3 editais, além da PC PB; confira

O Estado da Paraíba tem mais três concursos PB previstos para este ano. Além da seleção da Polícia Civil, com 1.400 vagas, o governador João Azevêdo confirmou editais para os seguintes órgãos:

 

Porto de Cabedelo;
Procuradoria Geral do Estado (PGE); e
Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).
A informação foi dada na última segunda-feira, 17, durante o programa “Frente a Frente” da TV Arapuan.

“No concurso para o Porto de Cabedelo serão dez vagas. Nós temos concursos para Aesa, para profissionais da área de Recursos Hídricos, e para a Procuradoria-Geral do Estado. Já estamos preparando a contração das bancas para a realização desses concursos, ainda este ano”, afirmou.
Em relação ao concurso PC PB, o governador espera que os aprovados sejam nomeados no ano que vem, após a realização dos cursos de formação.

“Esperamos que agora no segundo semestre esse edital já esteja publicado e que esses profissionais, após concluir o curso de preparação, no próximo ano já possam estar integrados às forças de segurança”, disse João Azevêdo.

Concurso PGE PB tem comissão formada há um ano
Dos três editais confirmados, o concurso PGE PB é um dos mais adiantados. A comissão, para essa seleção, foi formada há mais de um ano, em outubro de 2019. No ano passado, em fevereiro, a equipe passou por mudanças.

regulamento do concurso, revelando detalhes da seleção, foi publicado em janeiro de 2020. Conforme o documento, estão previstas 12 vagas para a carreira de procurador do estado. Para concorrer, será preciso ter bacharelado em Direito.

Durante as inscrições, candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e doadores de sangue ou de medula óssea poderão solicitar a isenção da taxa. Os ganhos para os aprovados no concurso serão de R$15.014,34.

Ainda de acordo com o regulamento, os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, subjetiva (discursiva e prática) e de títulos.

Os exames serão aplicados, exclusivamente, em João Pessoa (PB). A avaliação de múltipla-escolha contará com 100 questões, sendo elas de:

Direito Constitucional (20 questões);
Direito Administrativo (20 questões);
Direito Tributário (15 questões);
Direito Processual Civil (20 questões);
Direito Civil (dez questões);
Direito do Trabalho e Processual do Trabalho (cinco questões);
Direito Ambiental (cinco questões); e
Direito Financeiro (cinco questões).
Para ser aprovado, será preciso acertar, no mínimo, 70% dos pontos da prova. Apenas os candidatos que atingirem a pontuação mínima e figurarem entre os 180 melhores classificados (162 na ampla concorrência e 18 pessoas com deficiência) terão o exame subjetivo corrigido.

A fase subjetiva terá até 100 pontos no total e versará sobre os seguintes temas: Direito Constitucional; Administrativo; Tributário; Processual Civil; e Civil.

A prova dissertativa valerá até 60 pontos e a prática até 40 pontos, incluindo uma análise de caso prático e redação de uma peça jurídica, um ato processual ou um parecer.

Para ser aprovado, será preciso obter, pelo menos, 60% da nota máxima. Os habilitados realizarão uma prova de títulos. O concurso PGE-PB ficará válido por dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Até o momento, não há uma previsão de publicação do edital.

Concursos Aesa e Docas PB foram anunciados em 2020
A promessa de realização dos concursos para o Porto de Cabedelo e a Aesa não é nova. Em janeiro de 2020, quando anunciou o investimento de R$1,8 bilhão para o ano, João Azevêdo prometeu novos editais.

Por conta da pandemia de Covid-19, no entanto, os processos foram adiados e, agora, estão previstos para este ano. No caso da Aesa, serão abertas vagas para para profissionais da área de Recursos Hídricos.

Já o Porto de Cabedelo terá dez oportunidades, em cargos ainda não revelados. No momento, como informado pelo governador, os processos estão na fase de escolha das organizadoras.

 

Concurso PC PB tem cargos e vagas confirmados

Em abril deste ano, o concurso PC PB teve uma nova distribuição de vagas. O anúncio foi feito pelo delegado Bergson Vasconcelos, em entrevista ao jornal Bom Dia Paraíba. Apesar da mudança, o quantitativo total não foi alterado, permanecendo em 1.400 oportunidades.

Além da nova distribuição de vagas, o próximo edital também contará com mais um cargo, sendo ele o de perito odonto-legal. Veja abaixo a divisão entre as carreiras:

delegado (120 vagas);
escrivão (515 vagas);
perito médico (50);
técnico em perícia (68);
necrotomista (65);
agente de investigação (400);
perito criminal (77);
perito odonto-legal (dez);
perito químico (35); e
papiloscopista (60).
Todas as oportunidades serão para candidatos com nível superior, conforme atualização da lei das carreiras da PC PB. Os salários, segundo o delegado, irão variar entre R$3 mil e R$9 mil.

O concurso PC PB contará com diversas etapas. Segundo o delegado, no momento, o edital está em elaboração, assim como o processo de escolha da banca está em andamento.

“Estamos trabalhando para o lançamento do edital até o meio do ano, com o início das provas ainda esse ano”, disse Bergson Vasconcelos.
A comissão organizadora foi formada em março deste ano. Durante o anúncio da seleção, o governador João Azevêdo destacou que o concurso visa suprir as necessidades da Polícia Civil, considerando um cenário com previsão de 785 servidores aptos à aposentadoria.

Fonte: Folha dirigida