A IRRESPONSABILIDADE DE QUEM ESCREVE MAL E COM SEGUNDAS INTENÇÕES… E A IRRESPONSABILIDADE DE QUEM LER MAL E TEM UM BLOG
  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Não sei de onde partiu inicialmente, mas, a forma irresponsável como foi escrito o título merece o nosso puxão de orelha.
Vejam como foi escrita a manchete em um determinado blog: “ALAGOA GRANDE É NOTICIA : tem filhos, cunhados, irmãos e até noras trabalhando na Camara Municipal”.
Da forma como foi escrito, deixa a entender que o caso estaria acontecendo agora, o que não é verdade.
O título está escrito no presente do indicativo, mas o caso se refere a legislatura anterior.
Realmente, foi uma falta de respeito com os atuais vereadores, pois o julgamento do TCE-PB (Tribunal de Contas da Paraíba), é da gestão 2007, em que era presidente da câmara o ex-vereador Fernando de Fortunato.
De manhã vi a matéria no www.paráibaja.com.br, mas, o título não era esse.
Fica aí o nosso repúdio à manipulação de informação.
Quem tem compromisso com o bom senso e a verdade dos fatos, deve ter cuidado com o que divulga.

Nota do editor; Materia publicada no Blog  do Robson Filho, e o editor afirma que só fez copiar e colar pois ´so é o que sei fazer, se modifiquei o titulo, é porque sabua que a ordem dos fatores nao alterava o produto, então segue a repostagem na integra:

NEPOTISMO: Câmara de cidade paraibana tem filhos, cunhados, irmãos e até noras trabalhando

NEPOTISMO: Câmara de cidade paraibana tem filhos, cunhados, irmãos e até noras trabalhando TCE constata nepotismo na Câmara de Alagoa Grande

Nepotismo na Câmara Municipal de Alagoa Grande. As irregularidades foram constatadas pelo Tribunal de Contas do Estado na apreciação da prestação de contas, exercício 2007, do ex-presidente Fernando da Silva Ferreira. De acordo com o TCE, foram contratados filhos, cunhados, irmãos e até nora de vereadores. O mais grave é que os parentes recebiam sem comparecer ao trabalho. O TCE decidiu remeter cópias dos autos ao Ministério Público Estadual para as providências cabíveis.

Os parentes são Cleanta Maria da Silva, nora do vereador Manoel Carlos da Silva; Gearlan Lira Barbosa, filho do vereador Sebastião Ferreira Barbosa; Maria Ilma Alves da Silva, cunhada do vereador José Ribeiro Agra Filho; Maria da Penha Lucinda, irmã do vereador Luiz Lucindo da Silva e Patrícia da Silva Nascimento, cunhada do vereador Gilberto Marques da Silva.

Além da prática de nepotismo, o TCE constatou irregularidades na concessão de diárias de forma sistemática e sem a completa documentação comprobatória, no total de R$ 14.020,00, despesa fictícia com aquisição de combustível, no total de R$ 1.871,40, excesso nos subsídios do Presidente da Câmara, no valor de R$ 1.908,00, e falta de comprovação da despesa com INSS, na importância de R$ 8.325,06.

O ex-gestor terá de devolver R$ 26.124,46 aos cofres públicos. Além disso, o TCE decidiu aplicar multa pessoal de R$ 2.805,10, em razão das irregularidades indicadas pela Auditoria.

COMENTA ESSA VAI…

DESCULPE PELO :  “

ALAGOA GRANDE É NOTICIA)

vavadaluz