João garante convocação de 500 PMs concursados em janeiro e investimentos em inteligência

João garante convocação de 500 PMs concursados em janeiro e investimentos em inteligência

O candidato do PSB ao Governo da Paraíba, João Azevêdo, garantiu que vai convocar, já a partir de janeiro do próximo ano, mais 500 candidatos aprovados no concurso público da Polícia Militar realizado este ano. O compromisso foi assumido pelo socialista na tarde desta terça-feira (11), durante entrevista concedida à TV Cabo Branco, na Capital.

“Esses novos policiais militares estarão nas ruas no próximo ano e se somarão aos outros 500 já convocados pelo atual governo”, destacou João, em referência aos candidatos chamados no início deste mês pela gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB).

João revelou ainda que pretende reforçar a cada ano o efetivo das polícias na Paraíba e destacou que segurança pública se faz com pessoal capacitado e investimentos em tecnologia e inteligência. “Sabemos que os investimentos em inteligência são fundamentais para evitar ações como esse ataque ao PB 1, que foi planejado e executado pelo crime organizado para retirar da cadeia assaltantes de bancos, como Romarinho, que já foi assessor da Prefeitura de Campina Grande”, pontuou.

O candidato do PSB ressaltou que o atual governo investiu mais de R$ 228 milhões na melhoria da infraestrutura da Segurança Pública. “Esses investimentos praticamente inexistiam até 2010. Foi o governo que eu represento que deu condições para o policial exercer sua função”, realçou João, citando a aquisição de viaturas, armamento e coletes balísticos.

Para o socialista, o momento agora é de priorizar os investimentos em inteligência. “Vamos instalar centros de monitoramento incialmente em João Pessoa, Campina Grande e em Patos, que utilizando câmeras de alta resolução, possibilitarão também o monitoramento das nossas estradas e fronteiras”, exemplificou João.

“Não existia neste Estado até 2011 uma política pública para a área de Segurança Pública, e essa política teve resultados favoráveis, entretanto é claro que há necessidades de aprimoramento, principalmente em tecnologia e inteligência, e nós vamos investir maciçamente para dotar o Estado destas condições para combater o crime organizado”, afirmou.

Outro ponto que João considera fundamental no aprimoramento da política pública de Segurança implantada pelo atual Governo, é a interligação dos setores de inteligência de Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco, que fazem divisa com a Paraíba.

“Além de continuar melhorando as condições de trabalho dos policiais militares e civis para não voltarmos ao tempo que os policiais andavam com um revólver 38, com viaturas velhas e que se faltava até combustível. Hoje estamos num patamar melhor”, destacou.

Paraiba Já