General Mourão dá aula de como não fazer o jogo da esquerda para sair vitorioso

General Mourão dá aula de como não fazer o jogo da esquerda para sair vitorioso

O general Antonio Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro, é um brilhante estrategista da arte da guerra. Winston Churchill prestaria continências a ele se ainda estivesse vivo.

Morão participou de uma reunião do PRTB em Brasília e, na saída, deu uma aula de como não se igualar a esquerda e fazer o que eles mais fazem.

Disse que “esse troço já deu o que tinha que dar” em referência ao atentado ao presidenciável.

“Esse troço já deu o que tinha que dar. É uma exposição que eu julgo que já cumpriu sua tarefa. Ele [Bolsonaro] vai gravar vídeo do hospital, mas não naquela situação, não propaganda. Vamos acabar com a vitimização, chega”, declarou o general, segundo o G1.

O candidato a vice mais preparado destas eleições afirmou também que o PRTB consultará o TSE sobre a possibilidade de ele substituir Bolsonaro em debates enquanto o deputado estiver internado.

Mourão me fez lembrar de uma frase de Sun Tzu, autor do livro “A Arte da Guerra”:

“Aquele que se empenha a resolver as dificuldades resolve-as antes que elas surjam. Aquele que se ultrapassa a vencer os inimigos triunfa antes que as suas ameaças se concretizem.”

 

Via: PAPOTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *