Delegado é afastado de cargo suspeito de dizer que Marielle ‘já foi tarde’

Governo da Paraiba

Delegado é afastado de cargo suspeito de dizer que Marielle ‘já foi tarde’

Secretaria de Defesa Social divulgou nota afirmando que teor das afirmações é incompatível com o posicionamento do Governo de Pernambuco

O delegado Jorge Ferreira foi afastado do cargo da Delegacia da Mulher em Pernambuco em decorrência de declarações publicadas contra a vereadora Marielle Franco.
O delegado Jorge Ferreira foi afastado do cargo da Delegacia da Mulher em Pernambuco em decorrência de declarações publicadas contra a vereadora Marielle Franco. – Reprodução/ Rede Social

Pernambuco – O delegado Jorge Ferreira foi afastado do plantão da Delegacia da Mulher em decorrência de declarações publicadas a respeito do bárbaro assassinato da vereadora Marielle Franco, em uma rede social. Ele acusou a vereadora de ter envolvimento com o narcotráfico, ser ‘mulher de bandido’ e trocar de facção criminosa. “É assassinada pelos ‘mano’ e aí vem a esquerda patética por a culpa das instituições policiais”, escreveu.

A informação do afastamento foi divulgada neste domingo pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS).  O conteúdo da postagem foi encaminhado à Corregedoria Geral da SDS, que iniciou uma investigação preliminar.

Há apenas um mês, ele dava plantões na Delegacia da Mulher de Santo Amaro, sem exercer cargos de chefia ou coordenação na unidade. A nota diz que será instaurado um Procedimento Administrativo Disciplinar, no qual o servidor terá direito à ampla defesa e ao contraditório. Até a conclusão da investigação, o servidor ficará à disposição do setor de recursos humanos da Polícia Civil de Pernambuco.

 A nota afirma que o teor das afirmações é incompatível com o posicionamento do Governo, da Secretaria de Defesa Social e da Polícia Civil de Pernambuco, que prezam e focam todos os seus esforços na preservação da vida, proteção dos cidadãos, tolerância e paz social.