Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

Mais de 230 partos realizados no Hospital de Queimadas no primeiro quadrimestre

No primeiro quadrimestre deste ano, o Hospital Regional de Queimadas, que integra a rede estadual de saúde e é referência para obstetrícia para 14 municípios da região metropolitana de Campina Grande, contabilizou a realização de 232 partos. Destes, 134 foram cesarianas e 98 procedimentos normais. Neste mesmo período, a unidade realizou 809 consultas ginecológicas.
 
O diretor geral do Hospital, médico Flávio Daniel, explica que, embora a unidade tenha contabilizado mais partos cirúrgicos que normais neste período, o hospital atua em sintonia com o que preconiza a Organização Mundial de Saúde (OMS). “Nós seguimos essa orientação e, sempre que há a possibilidade, os partos acontecem de forma natural. Mas há casos que por diversas intercorrências é preciso realizar uma cesariana. O importante é observar cada caso, preservando a saúde, segurança e vida de mãe e bebê”, esclarece o médico.  
 
Este ano, em março último, o Hospital recebeu da Secretaria Estadual de Saúde vários equipamentos para o setor de obstetrícia que possibilitaram melhorar a assistência às gestantes e recém-nascidos. Entre os equipamentos que foram entregues destacam-se dois berços aquecidos para recém-nascidos, um aparelho para fototerapia, uma incubadora de transporte, uma poltrona reclinável, um monitor multiparâmetro, três berços de acrílico e três camas hospitalares motorizadas.
 
“Esses equipamentos nos deram um suporte considerável na melhoria da assistência materno-infantil, impactando positivamente na qualificação e cuidado com as nossas pacientes”, destaca o diretor geral do Hospital, médico Flávio Daniel. Ele lembra que o acolhimento humanizado das gestantes também são diferenciais da unidade, que dispõe de sala especial para pré-parto, dotada de equipamentos que auxiliam as futuras mamães nos momentos que antecedem o parto, além de todo cuidado da equipe neste momento tão especial para as mulheres. 
 
A médica obstetra Thaise Villarim destaca a importância destes equipamentos para o hospital e as equipes de obstetrícia. “Essas aquisições estão nos ajudando bastante na diminuição das complicações e na melhoria da assistência prestada às nossas pacientes e seus bebês”, afirmou a obstetra. 
 
O Hospital Geral de Queimadas, além de ser referência em obstetrícia e ginecologia, também atende em clínica médica e pediatria, bem como dispõe de atendimento de urgência e emergência para toda a 15ª região de saúde.

 

REPRODUZIDA PELA SECOM