Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

Você sabia ? Veja a diferença entre fruto e fruta

Você sabia

Que o CAJÙ não é fruta ? O verdadeiro fruto do cajueiro é a CASTANHA de caju. Isso ocorre porque cientificamente um fruto é uma estrutura criada a partir do ovário da flor, para proteger suas sementes.

“Alguns pseudofrutos muito consumidos que nem imaginamos serem denominados assim são eles: Portanto o caju, a pera, maçã, abacaxi, framboesa, figo e amora não são frutas.

Qual o verdadeiro fruto da maçã?
Um fruto verdadeiro é originário do ovário de uma planta, e que fica no interior de sua flor. Já o falso fruto é gerado de um tecido vegetal próximo à flor, e que, consequentemente, sustenta o fruto verdadeiro. A maçã é o pseudofruto, mas dentro dela está o fruto verdadeiro da macieira.
Porque a banana não é um fruto?
O que alguns não sabem é que a banana não é um fruto, mas sim, um pseudofruto, onde o tubo floral desenvolve-se em conjunto com o ovário, durante a frutificação; comercialmente é chamada de fruta. As bananas possuem um formato alongado, uma coloração amarela ou vermelha e um sabor doce.
Porque abacaxi não é fruta?
Mas e o morango e o abacaxi? Eles realmente não são frutos, na verdade são a fusão de inúmeras flores que quando fecundadas se juntam em uma única infrutescência. São como se diversas frutinhas se unissem para fazer uma só estrutura

Diferença entre fruto e fruta

A diferença entre fruto e fruta está relacionada à origem desses termos e ao contexto em que são usados.

A laranja é um fruto e também uma frutaA laranja é um fruto e também uma fruta

Imprimir

Texto:

A+
A-

PUBLICIDADE

Muitas pessoas não sabem a diferença existente entre os termos fruta e fruto. Fruta é um termo popular, e fruto é um termo botânico, portanto, são usados em situações diferentes. Mas, afinal, o que é uma fruta e um fruto?

→ O que é fruto?

Damos o nome de fruto à estrutura produzida por plantas angiospermas que corresponde ao ovário ou a um grupo de ovários desenvolvidos. Os frutos apresentam grande importância para essas plantas, uma vez que garantem a proteção da semente e auxiliam no processo de dispersão.

Os frutos podem ser classificados em simples, agregados e múltiplos. Fruto simples é aquele formado por um carpelo (órgão reprodutivo da flor, formado pelo estigma, estilete e ovário) ou vários carpelos unidos. Fruto agregado é aquele formado por vários carpelos livres de uma flor. Já os frutos múltiplos são aqueles que se originam a partir de um conjunto de ovários de um conjunto de flores, ou seja, são derivados de uma inflorescência.

São exemplos de frutos: o abacate, o pepino, a uva, a laranja, a abóbora, o tomate, o maracujá, a uva, o limão, a berinjela, o pimentão, o kiwi e o pêssego.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉


A berinjela é um exemplo de fruto

→ O que é fruta?

Como dito anteriormente, o termo fruta é uma expressão popular. Ele é usado para identificar frutos que possuem normalmente sabor adocicado e são comestíveis. Como exemplo, podemos citar o abacate, a banana, a goiaba, o abacaxi, a acerola, a ameixa, a amora e a laranja.


Apesar de a maçã ser uma fruta, não se trata de um fruto verdadeiro

Diante dessas definições, muitas pessoas afirmam que toda fruta é um fruto, porém nem todo fruto é uma fruta. Entretanto, não podemos generalizar, pois frutas como maçã, caju e morango, na realidade, não são frutos verdadeiros, são um fruto acessório, também conhecido como pseudofruto. Nesse caso, temos um fruto cuja parte carnosa é derivada, em grande parte ou completamente, de tecidos que não são do ovário.

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos/vavadaluz