PRESTANDO CONTAS (por vavadaluz)

Governo da Paraiba

Ontem, dia 11/03, tive um dia bem movimentado e repleto de êxito na capital Paraibana.

Como tinha recebido meu décimo primeiro e ganhado da França quatro pneu novos, fui como antigamente fazia,no meu carango.

Primeiro,  tinha combinado com o Chefe da Casa Civil do Governador, DR Ronaldo Guerra de ir a Palácio sem agendar audiência, era só chegar , anunciar e entrar, e eu assim o fiz, cheguei lá e fui logo berrando :DIGA QUE É VAVA DA LUZ DE INGA e fiquei matutando ( grande Merda)

No salão de espera, aglomeravam-se pessoas finas e poderosas como o deputado Edmilson Soares, o ex prefeito de Salgado Dr Adaurio,; O homem que derrubou o Boneco de Pedra de Fogo, o atual Prefeito Dedé Romão; O outro mais forte ainda Prefeito de Araruna, Vital Costa que aposentou Maranhão. Raissa Lacerda e o maridão, Joaquim ex prefeito de São Miguel de Taipu, entre outros , eu.

Agora imaginem voces quem sem nenhum contato, nenhuma programação, tinha agenda para as 10 horas com a casa Civil, quem? quem? O Carrapato gente ! só podia ser, apareceu lá com um mói de documentos na mão para entregar ao governador, todos sem exceção, súplicas para a terrinha.

E eu como não tenho segredo do que faço e não tenho pretensões politicas, pra mim tanto faz Mané, Doutorzim, Edilson, Lula e outros que venham a pedir por Ingá e não por empregos e votos, permiti que entrássemos juntos já que tudo era Ingá.

E assim o fizemos, logo após o carrapato me convidou para comermos um cozido que por sinal muito bom. Depois de comer o cozido dele partimos para o Denit.

Em lá chegando fomos recebidos pela Secretaria da Superintendência do Denit que com presteza, calma e muito boa vontade fez uma maratona para localizar nosso processo com diversa ligações para Brasilia, conseguindo finalmente localiza-lo em João pessoa no SPU Secretaria do Patrimônio da União, que é para onde fomos de imediato.

Baseado no principio de que toda ação tem uma reação, ao chegarmos na Portaria da Receita fomos informados por tres lindas recepcionistas de que tal repartição só funcionava pela manhâ, e aí foi quando uma das plantonistas achou Roberio parecido com Roberto e haja recordações de lupamarianas terminando por deixar o carrapato adentrar a repartição fechada e obtendo o resultado tão esperado da outorga do prédio.

Moral da historia : Tudo na vida tem seu retorno, Inté as farras de Roberto Burity serviu para resolvermos um problema.

Obs; Ainda entrei em contado com o Dr Deusdet Queiroga de Recursos Hídricos que autorizou de imediato os serviços da barragem da Sudene.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *