Para tratamento de doença rara, Governo inclui um dos medicamentos mais caros do mundo no SUS
You are currently viewing Para tratamento de doença rara, Governo inclui um dos medicamentos mais caros do mundo no SUS

O medicamento risdiplam, para tratamento de Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo I, está incorporado a partir desta segunda-feira (14) ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A portaria da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde, determinando a inclusão do medicamento, está publicada no Diário Oficial da União.

Segundo Ministério da Saúde, a AME é uma doença genética que interfere na capacidade do corpo de produzir uma proteína considerada essencial para a sobrevivência dos neurônios motores.

A Atrofia Muscular Espinhal possui quatro subtipos distintos conforme a idade de início dos sintomas. O tipo 1 é o mais grave da doença.

A sua incidência é de um caso para cada seis a onze mil nascidos vivos.

Fonte: Agência Brasil