OH ! ABESTADO : Posse de arma não garante direito de cidadão sair armado atirando

Posse de arma não garante direito de cidadão sair atirando, diz instrutor de tiro campeão mundial

Ter uma arma dentro de casa foi um dos assuntos mais discutidos nestas eleições que culminou com a eleição de Jair Bolsonaro à presidência da República.

Rogério Rosas é instrutor de tiro e campeão mundial de tiro esportivo (Foto: Walla Santos)

Ter uma arma dentro de casa foi um dos assuntos mais discutidos nestas eleições que culminou com a eleição de Jair Bolsonaro à presidência da República. O capitão reformado do exército quer que cidadão possa defender sua casa contra a bandidagem e sua proposta foi uma das bandeiras que ganhou mais apoio da população.

O ClickPB foi até o único stand de tiro em João Pessoa e conversou com o instrutor de tiro e campeão mundial de tiro esportivo, Rogério Rosas, que destacou que para se comprar uma arma hoje em dia existe alguns requisitos, mas não garante o direito do cidadão sair atirando em qualquer local, podendo o atirador responder na justiça pelo crime de atirar em via pública em direção a ela.

Confira a entrevista com o instrutor.

Comentários (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *