Mangueira é a grande campeã do carnaval do Rio de Janeiro em 2019

Mangueira é a grande campeã do carnaval do Rio de Janeiro em 2019

Escola homenageou Marielle Franco e apresentou uma história alternativa do Brasil na Sapucaí. É o 20º carnaval conquistado pela escola

A Mangueira conquistou o 20º título do carnaval do Rio de Janeiro em 2019 com o enredo “História para Ninar Gente Grande” que foi assinado pelo carnavalesco Leandro Vieira. A escola levou 24 alas e cinco alegorias para a Sapucaí na segunda-feira (4).

Carnaval 2019
Reprodução

Carnaval 2019

Com 100º de aproveitamento nas notas, a vitória da Mangueira se desenhou a partir do quarto quesito, Alegorias e Adereços, em que se descolou da Viradouro e Vila Isabel para não mais ser alcançada.

A apuração

A Mangueira também fez um desfile bastante político em 2019
Riotur/divulgação

A Mangueira também fez um desfile bastante político em 2019

O primeiro quisito com notas divulgadas foi Evolução. Mangueira, Mocidade Independente e Viradouro foram as únicas que não perderam pontuação nesta fase. Harmonia veio na sequência e a Mocidade perdeu dois décimos se descolando de Mangueira e Viradouro que mantiveram a pontuação absoluta na liderança. Vila Isabel, Portela e Salgueiro vinham na sequência com um décimo a menos.

Mestre Sala e Porta-Bandeira foi o terceiro quesito a ter notas divulgadas e o primeiro em que o fluxo de notas 10 foi maior. Viradouro e Mangueira mantiveram a ponta e escolas como São Clemente e Paraíso do Tuiuti despencaram na classificação parcial. 

O quesito seguinte foi Alegorias e Adereços e tanto Viradouro quanto Mangueira tiraram 9.9, mas a escola de Niterói levou dois deles, o que permitiu que a Mangueira, descartando a dela, assumisse a ponta da apuração. Vila Isabel, Grande Rio e Mangueira foram as únicas que mantiveram 100% no quesito. 

O quinto quesito a ter notas divulgadas foi Comissão de Frente e as notas 10 voltaram a escassear. O primeiro jurado a avaliar, Gustavo Paso, por exemplo, só atribuiu notas 10 a Grande Rio, Mangueira e Vila Isabel. Apenas Mangueira, Viradouro e Vila Isabel, no entanto, asseguraram três notas máximas no ítem. 

Avançada metade da apuração, a verde e rosa seguia isolada na liderança, mas via apenas Viradouro e Vila Isabel em seu encalço.

O quesito seguinte foi Samba-Enredo e a Vila Isabel foi danificada ao receber três notas 9.9 e perdeu a segunda posição para a Viradouro, que mesmo não conseguindo descartar um 9.8 manteve-se à frente da escola da Zona Norte. A diferença para a Mangueira, na primeira posição, no entanto, aumentou para três décimos. 

Enredo foi o sétimo quesito e novamente a Mangueira  assegurou três notas 10. Viradouro também assegurou três notas máximas e manteve-se na cola da Estação Primeira. 

Os últimos quesitos foram Bateria e Fantasia e só confirmaram a tendências de notas máximas para a Verde e Rosa. 

Regulamento

São permitidas apenas notas de 9,0 a 10,0, com frações de 0,1 (um décimo). Toda nota diferente de 10 deve ser justificada, e as justificativas são posteriormente divulgadas no site da Liesa.

Cada quesito teve seis jurados. Dos seis, dois foram dispensados previamente e quatro notas anunciadas na apuração. Dentre elas, a menor é descartada na contagem de pontos. O primeiro critério de desempate é o quesito Fantasia e o segundo, Bateria.

Fonte: Carnaval – iG vavadaluz