João Azevêdo autoriza obras do arco metropolitano da Grande João Pessoa com investimentos de R$ 210 milhões de recursos próprios do estado

João Azevêdo autoriza obras do arco metropolitano da Grande João Pessoa com investimentos de R$ 210 milhões de recursos próprios do estado

Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (4).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (4).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (24).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (23).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (21).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (20).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (18).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (17).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (19).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (14).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (11).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (9).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (10).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (7).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (8).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (2).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (6).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (3).JPG
Arco Metropolitano de JP Ordem de Serviço Foto Francisco França Secom PB (5).JPG
WhatsApp Image 2023-01-12 at 11.30.00.jpeg
WhatsApp Image 2023-01-12 at 11.30.00-2.jpeg
WhatsApp Image 2023-01-12 at 11.30.00-3.jpeg
WhatsApp Image 2023-01-12 at 11.30.00-4.jpeg

Ogovernador João Azevêdo assinou, nesta quinta-feira (12), a licitação para implantação do arco metropolitano da Região Metropolitana de João Pessoa, que irá interligar as rodovias BR-101 e BR-230. As obras representam investimentos de R$ 210 milhões de recursos próprios do estado e terão uma extensão de 18,7 Km. A intervenção prevê a construção de dois viadutos, dentre outros serviços, que visam reduzir o tráfego de veículos no perímetro urbano da cidade, bem como reduzir o tempo de deslocamento das pessoas.

As obras também preveem a construção de duas pontes com extensão de 40 metros sobre o Rio Gramame e Mumbaba, passarela de pedestres em concreto, interseções de acesso e retorno a cada 4 km, implantação do sistema de drenagem para escoamento de águas pluviais, recuperação de áreas degradadas e paisagismo, contemplando diretamente os motoristas que se deslocam para o interior do estado e para Recife, em Pernambuco. Os serviços devem ser iniciados ainda no primeiro semestre de 2023 e têm uma previsão de dois anos para a conclusão.

Na ocasião, o governador João Azevêdo ressaltou que a obra irá beneficiar toda a Paraíba, garantindo uma solução definitiva para os congestionamentos nos trechos das Três Lagoas ao Hospital Metropolitano, em Santa Rita. “A BR-230 ficará conectada à BR-101, evitando que os veículos que se dirigem entre Recife e Campina Grande, Natal a Recife, passem por essa área com mais congestionamento atualmente. É mais um investimento possível graças a uma gestão fiscal eficiente, que gerou superávit financeiro e a oportunidade de colocar a Paraíba em um novo patamar de desenvolvimento”, frisou. 

Ele ainda ressaltou a satisfação de assegurar a realização de grandes obras no estado. “Esse é um momento de alegria, pois começamos um novo ciclo com ações importantes para melhorar a vida das pessoas da Paraíba. A riqueza gerada pelo estado precisa ser compartilhada com todos os nossos cidadãos”, frisou. 

O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, evidenciou os investimentos do governo em obras estruturantes. “Com planejamento, competência e equilíbrio fiscal, o governo consegue fazer uma obra de R$ 210 milhões com recursos próprios do estado. São mais de R$ 2 bilhões em obras rodoviárias em todas as regiões, além de grandes intervenções como o Centro de Convenções e o Arco Metropolitano Leste de Campina Grande, dragagem do Porto de Cabedelo, novas estradas asfaltadas, restauração de rodovias, travessias urbanas em 194 municípios, adutoras e seguiremos com grandes e relevantes ações por toda a Paraíba”, comentou. 

O superintendente do DER, Carlos Pereira, destacou a importância da obra do arco metropolitano para a mobilidade urbana da Grande João Pessoa. “Nós damos partida na construção da maior obra rodoviária do segundo mandato do governador João Azevêdo”, comentou.

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, parabenizou a gestão estadual pelo compromisso com o desenvolvimento da Paraíba. “Eu tenho certeza de que vamos ter quatro anos de muitas obras e ações e é uma satisfação ver mais uma obra saindo do papel e se tornando realidade e já me vejo usando essa via para me deslocar a Recife, chegando mais rápido porque mobilidade urbana é uma preocupação permanente para fazer uma Paraíba melhor e mais justa para todos”, afirmou. 

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, enalteceu as ações da gestão estadual no município. “A minha palavra é de agradecimento. Temos várias parcerias na saúde, educação, esporte e lazer, promoção da cidade, geração de emprego e na mobilidade urbana, com obras do Arco Metropolitano, viaduto da Raniery Mazilli, BRS e temos o compromisso renovado de avançar e melhorar a qualidade de vida do povo da nossa cidade”, falou. 

A solenidade, ocorrida no auditório do Shopping Sebrae, em João Pessoa, contou com a presença do vice-governador Lucas Ribeiro, do vice-prefeito Léo Bezerra, do deputado federal Julian Lemos, dos deputados estaduais João Gonçalves, Wilson Filho, Galego Souza e Ricardo Barbosa, vereadores de João Pessoa, prefeitos e auxiliares da gestão estadual.