Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

Funesc sedia lançamento do livro ‘Folclore Pombalense – Reisado’, de Luizinho de Pombal

 

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza em João Pessoa, até o próximo dia 30, a programação do Mês da Consciência Negra, com uma série de shows, mostras e exposições em alusão ao Dia da Consciência Negra. Neste domingo (13), às 19h30, o poeta, compositor e ativista cultural Luiz Barbosa Neto (mais conhecido como Luizinho de Pombal) lança o livro ‘Folclore Pombalense – Reisado’.

 

O lançamento vai ocorrer na Sala de Concertos Maestro José Siqueira e contará com música e poesia. De acordo com Luizinho de Pombal, haverá shows do Trio Tabajara (Prima), Elon e Pedro Medeiros. Além do Grupo Pife e Tambores de Camurupim (com participação de um bisneto do Mestre Jubinha). “E estamos trazendo o Reisado de Pombal, para comemorar mais de 110 anos de resistência”, disse Luizinho, que cantará com o grupo.

 

Conforme o autor, o Brasil é um país negro na sua diversidade de cores e culturas. O grupo Reisado de Pombal é um dos três movimentos folclóricos da cidade e está ligado ao período de festividades de Natal e Dia de Reis. O espetáculo toca e canta louvações contando a história do nascimento de Jesus Cristo, transformando ruas, praças e residências em teatro.

 

‘Folclore Pombalense – Reisado’ é resultado de uma pesquisa desde os tempos em que Luizinho de Pombal brincava de Reisado. O livro imortaliza o grupo resgatando o contorno dramático e registrando a riqueza poética e musical em letras e partituras, além dos movimentos de dança.

 

Luizinho de Pombal – Com formações em Educação Artística e Licenciatura em Letras pela UFPB, especialização em Metodologia do Ensino Superior (FESC/FAFIC), começou a ser brincante no início da década de 1970. Ainda nessa década, disputou festivais de música.

 

Em 1983, gravou seu primeiro compacto duplo com músicas de sua autoria: ‘Canto Sertão’. Gravou o segundo compacto, ‘Querubim Guardiã’, com quatro músicas autorais. Em 1996, saiu seu primeiro CD: ‘Rara Beleza’, com músicas próprias. Em 2005/2006, gravou o CD “Primazia”, realizando show de lançamento em Pombal e João Pessoa.

 

Em meados de 1997 tomou a iniciativa de construir um teatro no quintal da sua residência, denominado de ‘Cine Teatro Murarte’ (palco para manifestações culturais da região). Anualmente promove um Encontro de Bandas e Fanfarras, em Pombal, mobilizando cerca de 500 músicos.

 

Nos anos 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 recebeu o Prêmio Mestre da Educação, pelas realizações vinculadas à educação e a cultura da Paraíba. O livro ‘Folclore Pombalense – Reisado’ é o seu projeto mais recente.

SECOM