Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

Cordelista lança folheto na inauguração de Academia de Letras em Bananeiras

Cordelista lança folheto na inauguração de Academia de Letras em Bananeiras

Com o objetivo de homenagear os sócios fundadores de agremiação cultural, o cordelista Fábio Mozart lançará o folheto ABC da Academia Bananeirense de Letras e Artes no dia 18 de agosto, às 19 horas, na Câmara de Vereadores de Bananeiras. O cordel cita os membros fundadores da entidade, que tem como Presidente o professor Toni, e entre seus associados constam escritores e escritoras, bailarinas, forrozeiros, pesquisadores e artistas de várias linguagens, entre eles o jornalista, advogado e político Ramalho Leite, conhecido autor de várias obras sobre a cena política paraibana.

O autor do folheto assumirá a Cadeira nº 02 da Academia, cujo patrono é o cordelista bananeirense João Melchíades Ferreira, nascido no século dezenove, também conhecido como “O Cantor da Borborema”, cantador e poeta paraibano de cordel, considerado um dos grandes nomes da primeira geração de cordelistas nordestinos. Mozart é autor de mais de 50 títulos de cordel, membro da Academia Solanense de Letras, Academia de Letras e Artes de Sapé e fundador da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, com sede em Itabaiana.

“Como morador de Bananeiras, fico satisfeito por ser tratado com respeito pela sociedade bananeirense, sendo o convite para participar dessa Academia um reconhecimento do nosso trabalho na área do gênero literário popular que chamam cordel, inaugurando uma cadeira cujo patrono é um dos mais significativos nomes desta arte genuinamente nordestina”, explica Fábio Mozart

 Redação DiárioPB