CLUBE DA HISTÓRIA EM : BUDA IMPEDE UMA GUERRA (Conto da Índia)
BUDA 
 
 

Certa vez, Buda impediu uma guerra iminente entre os Shakyas e os Kolis.

No rio Rohini, que separava as cidades de Kapilavastu e Koli, tinha sido construída uma barragem que permitia àqueles dois povos irrigarem os seus campos. Acontece que houve uma grande seca e que os agricultores de ambos os lados do rio reclamaram como seu o direito de utilizarem a pouca água que restava. Insultaram-se da pior maneira. O litígio, em muito exagerado pelos rumores que circulavam de ambos os lados, chegou aos ouvidos dos monarcas reinantes e levou a uma declaração de guerra. Os exércitos dos Shakyas e dos Kolis acamparam face a face em margens opostas do rio.

 Nesta altura, apercebendo-se do que se estava a passar, Buda deslocou-se até ao campo de batalha. Os Shakyas baixaram as armas, em sinal de respeito por aquele a quem consideravam a joia da sua raça, e os Kolis fizeram o mesmo. Buda perguntou se estavam ali reunidos para celebrar um festival da água. Quando lhe disseram que se tratava de uma guerra, Buda quis saber a causa do conflito. Os príncipes disseram que não sabiam e foram perguntar aos generais. Estes, por sua vez, perguntaram aos oficiais subalternos. As perguntas continuaram até chegar aos agricultores que tinham dado origem ao conflito.
 Quando finalmente soube a causa da disputa, Buda perguntou qual era o valor da água. Disseram-lhe que era pequeno. Buda perguntou, então, qual era o valor dos homens. Foi-lhe respondido que era enorme.

─ Porque querem esbanjar o que é de tão grande valor, por causa do que é de tão pouco?

Este argumento foi o suficiente para convencer as fações a desistirem da guerra.

Margaret Read MacDonald