Auxílio-Reclusão: entenda como funciona e o valor pago ao beneficiário

Auxílio-Reclusão: entenda como funciona e o valor pago ao beneficiário

Nesta segunda-feira (16), muitos rumores sobre o benefício foram compartilhados na internet inclusive neste Blog

O auxílio-reclusão é um benefício pago a dependentes de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O valor é repassado para familiares de pessoas detidas em regime fechado, de baixa renda. Para ter direito, é preciso que o condenado tenha contribuído para a previdência.

Nesta segunda-feira (16), muitos rumores sobre o benefício foram compartilhados na internet.

Conheça o que é verdade:

1) O aumento para o valor do benefício é referente ao limite, que agora é de R$ 1.754,18. Reajustes acontecem todos os anos, assim como para as aposentadorias, auxílio-doença ou pensão por morte. O piso é R$ 1.302, igual ao salário mínimo nacional vigente.

2) O auxílio só é pago se o preso trabalhava e contribuía com o INSS, antes da prisão

3) O valor é fixado de acordo com a média de contribuições do preso.

5) É benefício do dependente do preso, e não do preso. Para que não haja prejuízo aos familiares durante o cumprimento da pena.

6) O auxílio-reclusão foi criado em 1960.

vavadaluz