LISTA TRÍPLICE: Eleição para Defensor Público Geral da Paraíba acontece nesta sexta; saiba quem são os candidatos

Defensoria Pública do Estado da Paraíba realiza nesta sexta-feira (20) a eleição interna para a formação da lista tríplice da qual será escolhido(a) o(a) defensor(a) público(a)-geral da Paraíba no biênio 2023/2025. Cinco candidatos concorrem às vagas.


Conheça os candidatos ao cargo e o que propõem:


Gerardo Lins Rabello Sobrinho
 é o atual Defensor Público Geral até ser eleito o novo. Se colocando a disposição da instituição para compor a lista tríplice. “A DPE que queremos é atuante e produtiva. Não há justiça sem a efetiva atuação de seus operadores. A nossa DPE está incansavelmente nessa linha. Uma Defensoria atuante, resolutiva e eficiente, com garantia de direitos para todos os servidores e defensores”, concluiu.

Maria Madalena Abrantes Silva, é a subdefensora pública geral, por estar de férias, ela não assumiu como Defensora Geral, mas se candidatou pra o biênio 2023/2025. “Precisamos fortalecer os núcleos por meio de parcerias com o Executivo e com as práticas jurídicas das universidades. Além disso precisamos dar continuidade ao processo de capacitação e valorização de estagiários”, defendeu.

Coriolano Dias de Sá Filho também é um dos candidatos, disse que propõe a atualização das leis que possam beneficiar a Defensoria Pública quanto as possibilidades de arrecadação. “Uma das lutas nesse sentido é equiparar os direitos da Defensoria Pública ao Tribunal de Justiça quanto ao Uso do Fundo Especial pela Defensoria. É preciso reforço na arrecadação orçamentária”, disse.
Também são candidatos Ryveka Campos Martins Bronzeado e Elson Pessoa de Carvalho. A redação do F5 não conseguiu contato com os postulantes.

A eleição será realizada de forma híbrida, com votação presencial e eletrônica/remota, das 8h às 16h. Estão aptos a votar 199 defensores públicos da ativa.

A urna física será instalada nas dependências da Sede Administrativa da Defensoria Pública, no bairro de Tambiá, em João Pessoa. Já o processo eletrônico será conduzido pela plataforma do Rio Grande do Sul, Eleja Online.

Concluída a votação, a Comissão Eleitoral receberá da empresa o mapa discriminado do resultado da eleição eletrônica/remota e somará ao resultado da votação presencial para divulgação.

Após o resultado da votação, o governador do Estado, João Azevêdo, tem até 15 dias para nomear o Defensor Público Geral da Paraíba que comandará a instituição no biênio 2023/2025.

Deixe um comentário