Pular para o conteúdo

Blog do Vavá da Luz

123 Milhas protocola pedido de recuperação judicial com dívida excedente a R$ 2 bilhões (Alessandra Lontra) 

123 Milhas protocola pedido de recuperação judicial com dívida excedente a R$ 2 bilhões

A 123 Milhas planeja utilizar a recuperação judicial para gerenciar suas obrigações de maneira organizada – Imagem: Divulgação

A empresa 123 Milhas tomou a decisão de ingressar com um pedido de recuperação judicial junto à 1ª Vara Empresarial da Comarca de Belo Horizonte (MG), onde a empresa tem sua sede. A decisão foi influenciada por fatores internos e externos que resultaram em um “significativo aumento dos passivos nos últimos anos”. A 123 Milhas planeja utilizar a recuperação judicial para gerenciar suas obrigações de maneira organizada.

Após suspender seu pacote “Promo”, a empresa tinha a expectativa de que os clientes migrassem para outros produtos através dos vouchers sugeridos, no entanto, essa estratégia não teve o resultado esperado. Como consequência, a empresa agora acumula uma dívida que chega a R$ 2,3 bilhões, podendo esse montante ser alterado após uma avaliação mais detalhada dos créditos.

A crise atual foi agravada pela persistente elevação dos preços das passagens após o período da pandemia, o que a empresa não previa. Além do pedido de recuperação judicial, a 123 Milhas solicitou a suspensão imediata das ações judiciais de cobrança contra ela, por um período inicial de 180 dias.

A decisão veio em um momento em que a 123 Milhas já havia suspendido pacotes promocionais flexíveis, e poucos dias após a HotMilhas, empresa do mesmo grupo, interromper suas atividades de compra e venda de milhas. A crise também impactou vários setores da empresa, resultando na demissão de muitos colaboradores.

O grupo também inclui outras empresas no pedido de recuperação judicial, como a Art Viagens, HotMilhas e Novum. A empresa destaca que a recuperação judicial é uma medida para cumprir suas obrigações e encontrar soluções em conjunto com seus credores, com a intenção de reequilibrar sua situação financeira e continuar contribuindo para o setor turístico do Brasil.

Nota na íntegra

“A 123 Milhas informa que protocolou hoje (29) no Tribunal de Justiça de Minas Gerais um pedido de Recuperação Judicial. A medida tem como objetivo assegurar o cumprimento dos compromissos assumidos com clientes, ex-colaboradores e fornecedores. A Recuperação Judicial permitirá concentrar em um só juízo todos os valores devidos. A empresa avalia que, desta forma, chegará mais rápido a soluções com todos os credores para, progressivamente, reequilibrar sua situação financeira. A 123 Milhas ressalta que permanece fornecendo dados, informações e esclarecimentos às autoridades competentes sempre que solicitados. A empresa e seus gestores se disponibilizam, em linha com seus compromissos com a transparência e a ética, a construir conjuntamente medidas que possibilitem pagar seus débitos, recompor sua receita e, assim, continuar a contribuir com o setor turístico brasileiro”.

http://Alessandra Lontra