Conexão de pessoas com objetivos comuns “salvar vidas”. ( Dunga Jr )

Conexão de pessoas com objetivos comuns “salvar vidas”.

Essa semana participei do Fórum Baiano de Secretários e Dirigentes de Mobilidade Urbana, na cidade de Lauro de Freitas-BA, representando a Paraíba, o município de Campina Grande, e levando a experiência do Núcleo de Estudos de Acidentes de Trânsito (NEAT) – Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande-PB para o conhecimento de todos. Foi um espaço único, com a presença de pessoas da Bahia e de diversos Estados do Brasil.
Por várias vezes já descrevemos, em teorias e cases, a importância do networking, compartilhamento de inteligências, escutar na essência, e papo reto no mundo da pós-modernidade, dos tempos líquidos e da horizontalidade da comunicação.
O sol da Bahia contempla os neurônios do bem, e o poder de compartilhar na sua essência, entregando e recebendo o que te acrescenta e soma, fez com que, na arena em debate, os assuntos de transporte, trânsito e mobilidade, fossem acrescidos da humanização dos temas, onde a ação preditiva surge em meio à discussão de forma objetiva e clara, na reconstrução do óbvio – a roda está aí, é só botar para rodar.
Reconhecimento de erros para formular ajustes, no exemplo do certo que já se destaca na expertise do outro – é a forma da vida líquida de Bauman, exercício da pós-modernidade.
Encontro de gerações que, mistas em convergências e divergências, se unem ao objetivo comum, e faz acreditar na formulação do bom senso, fundamentado no benefício e eficiência, para soluções eficazes nos dias, resolvendo e caminhando no aprendizado diário, para satisfação de pessoas que mais precisam.
A sabedoria maior do homem em tempos atuais é a escuta, a escolha, e a ação precisa, na rapidez e velocidade de tempos pós-pandemia. Pessoas morrem no maior terremoto registrado nesses dias e um bebê nasce nos escombros, onde a vida ali, em luz, refletida no cordão umbilical, retrata ao mundo a coragem, a perseverança, a força, o amor e a vida na sua plenitude.
É… que a convergência do mundo das ideias, o respeito ao pensamento diverso, a ação conjunta de todos, o fortalecimento da coletividade, a responsabilidade na condução dos propósitos, o compromisso no salvamento de vidas, sejam fundamentos de esperança na Carta de Lauro de Freitas.
O exemplo ali vivido traduz esperança no caminhar de hoje, rumo ao dia de amanhã, pois seremos mais fortes na atualidade se ontem nem sequer nos conhecíamos e, agora, já somos maiores, em fé e forças do bem, pois, como diz a canção, “aquele choro valia ouro…”.
E começa, nessa união de propósitos e conceitos, na fundamentação da teoria, que nesse mundo já é real, disseminar resultados e contruir pontes para soluções inovadoras e verdadeiras.
É… foi a verdade em debate, no conceito mesmo da pura verdade, que fez o Sol da Bahia aquecer o Brasil na sala de Lauro de Freitas.

Dunga Jr
De um dia de Domingo