Como um Renault Sandero R.S. feito no Brasil causou revolta na Europa?

Como um Renault Sandero R.S. feito no Brasil causou revolta na Europa?

Hatch esportivo não é vendido no continente, e isso desagradou os fãs da marca

Renault Sandero R.S.
Divulgação

Renault Sandero R.S. desfila pelas ruas de Paris, onde é vendido pela submarca Dacia; veja os detalhes

Um Renault Sandero R.S . brasileiro causou revolta nos franceses enquanto circulava pelas charmosas ruas de Paris. O hatch produzido em São José dos Pinhais (PR) não é vendido no mercado europeu, e isso deixou os fãs da linha esportiva da Renault aborrecidos.

Apesar de ser um veículo brasileiro, com foco exclusivo na América Latina, a versão esportiva do Sandero foi projetada pela equipe da RenaultSport na França. A fabricante chegou a levar uma unidade para a Europa, que foi utilizada em imagens de divulgação para o Instagram.

O Sandero não é um carro da Renault na Europa. Assim como o SUV Duster, pertence à Dacia , fabricante romena de carros de baixo custo na Europa que é controlada pela marca francesa. Logo, o grupo nunca aflorou a ideia de lançar uma versão esportiva do Sandero por lá.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em uma foto do Sandero R.S. postada nas redes sociais da RenaultSport da Europa, um usuário escreveu: “Quando vão oferecê-lo em nosso mercado?”. Outro fã da marca questionou: “Por que não vendem este carro aqui?”.

Inversão de valores

Renault Megane Sedan
divulgação/Renault

Que tal uma troca? Os europeus ficam com o Sandero R.S. e a Renault começa a importar o Mégane para o Brasil. Talvez no mundo dos sonhos

A revolta dos fãs da Renault Sport da Europa é inusitada pela inversão dos valores. Normalmente, são os brasileiros que criticam os fabricantes por não importarem os mesmos carros que são vendidos na Europa. A própria Renault do Brasil já cansou de ouvir que o público gostaria de ter os novos Clio , Mégane e Talisman por aqui. Ao menos dessa vez, foram os europeus que ficaram chupando o dedo.

Renault Sandero R.S. tem motor 2.0, de 150 cv de potência e 20,9 kgfm de torque, sempre com câmbio manual de seis marchas, com acerto esportivo. Segundo a fabricante, o modelo pode acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 8 segundos. Confira como o esportivo se saiu diante do rival VW Polo GTS  clicando aqui.

Fonte: undefined – iG /vavadaluz